ATENÇÃO PRIMÁRIA DA SAÚDE

EM BUSCA DE UMA DEFINIÇÃO EM PROL DE SUA PUBLICIZAÇÃO

Autores

  • Rodolpho Fernandes de Souza

DOI:

https://doi.org/10.56069/2676-0428.2022.131

Palavras-chave:

Atenção Primária da Saúde, Prevenção, Saúde Pública.

Resumo

A Atenção Primária à Saúde (APS) é definida como um conjunto de medidas voltadas não apenas para prevenir o aparecimento de diversas doenças, como a redução de fatores de risco, mas também para impedir sua progressão e mitigar suas consequências uma vez estabelecidas. Diante disso, o presente artigo tem a meta de detalhar conceitualmente a Atenção Primária à Saúde (APS) em prol de sua publicização e posterior difusão no âmbito da saúde pública. Dessa forma, para que os níveis de atenção funcionem corretamente, deve haver um sistema de referência e contrarreferência que permita a continência ou capacidade operacional de cada um deles.

Biografia do Autor

Rodolpho Fernandes de Souza

Mestre em Ciências do Cuidado e Saúde pela Universidade Federal Fluminense; Enfermeiro nas Redes Públicas de Iguaba Grande.

Referências

ALMEIDA, Maria Cecília Puntel de. O trabalho de enfermagem e sua articulação com o processo de trabalho em saúde coletiva – Rede Básica de Saúde em Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, 1991. (Tese – Doutorado – Universidade de São Paulo).

ALMEIDA, Maria Cecília Puntel de; ROCHA, Semiramis Melani Melo. (Org.) O trabalho de enfermagem. São Paulo: Cortez Editora, 1997.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Política Nacional de Atenção Básica. Ministério da Saúde, 2006.

BRASIL. Saúde Brasil, 2008. 20 anos de Sistema Único de Saúde no Brasil (SUS). Ministério da Saúde - Secretaria de Assistência à Saúde, Departamento de Análise de Situação de Saúde. 2008.

ERMEL, Regina Célia; FRACOLLI, Lislaine Aparecida. O trabalho das enfermeiras no Programa Saúde da Família em Marília/SP. Revista da Escola de Enfermagem da USP. 2006, 40(4):533-9.

FOUCAULT, Michael. O Nascimento da Clínica. Editora Forense, 2008.

LIMA, Viviane Aparecida de. O processo de trabalho da enfermagem na atenção primária. 2004. Tese (Doutorado) Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Médicas.

MARQUES, Dalvani; SILVA, Eugênia Maria. Enfermagem e o Programa Saúde da Família: uma parceria de sucesso? Revista Brasileira de Enfermagem. 57(5):545-50, 2004.

MERHY, Emerson Elias. O Capitalismo e a saúde pública. Editora Papirus, 1985.

MERHY, Emerson. Elias. FRANCO, Túlio Batista. O Trabalho em Saúde: olhando e experienciando o SUS no cotidiano. Editora: HUCITEC, São Paulo, 2003.

NASCIMENTO, Maristela Santos; NASCIMENTO, Maria Angela Alves. Prática da enfermeira no Programa de Saúde da Família: a interface da vigilância da saúde versus as ações programáticas em saúde. Ciência. saúde coletiva [online]. 2005, vol.10, n.2, pp. 333- 345.

PAIM João; FILHO, Natália Almeida. A Crise da saúde pública e a utopia da saúde coletiva. Salvador: Editora Casa da Qualidade, 2000.

SÁ, Dominichi Miranda. de. A voz do Brasil: Miguel Pereira e o discurso sobre o “imenso hospital”. Revista História, Ciências, Saúde, Rio de Janeiro, v.16, 2009.

SAMPAIO Luiz Fernando; LIMA Antonio Teixeira. Biblioteca virtual em saúde 2002. Disponível em: http://saudepublica.bvs.br, acessado em: 15 de outubro de 2011.

STARFIELD, Bárbara. Atenção Primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília, Ministério da Saúde, 2002.

VILLA, Tereza Cristina. MISHIMA, Silvana Martins; ALMEIDA, Maria Cecília Puntel de. A enfermagem nos serviços de saúde pública do Estado de São Paulo. In: ALMEIDA, M. C. P. de; MELO, S. M. (Org.). O trabalho de enfermagem. São Paulo: Cortez Editora, 1997.

Downloads

Publicado

2022-04-25

Como Citar

SOUZA, R. F. de . ATENÇÃO PRIMÁRIA DA SAÚDE: EM BUSCA DE UMA DEFINIÇÃO EM PROL DE SUA PUBLICIZAÇÃO. Revista Científica FESA, [S. l.], v. 1, n. 13, p. 138–154, 2022. DOI: 10.56069/2676-0428.2022.131. Disponível em: https://revistafesa.com/index.php/fesa/article/view/131. Acesso em: 16 maio. 2022.