EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SEU ENTRELAÇAMENTO COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Autores

  • Eguerton Fernandes de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.56069/2676-0428.2022.173

Palavras-chave:

Educação Física, Educação Ambiental, Contexto Escolar.

Resumo

Hoje existe uma maior consciência social para a defesa e conservação do meio ambiente. As próximas décadas parecem ser vitais para conseguirmos, juntos, desacelerar a deterioração que o planeta que habitamos está experimentando. Acreditamos que a presença desse compromisso no campo educacional é necessária. Este artigo mostra as metas, objetivos e valores que os professores especialistas de Educação Física devem considerar com relação aos conteúdos que estão relacionados à conservação e defesa do meio ambiente. Apesar das dificuldades da realização de atividades físicas no ambiente natural, devemos buscar novas propostas educativas para trabalhar essas atividades no ambiente escolar. Nesse contexto, este artigo tem a meta de compreender os aportes de experiências com a natureza para a formação de professores de Educação Física enquanto articuladores da Educação Ambiental no contexto escolar.

Biografia do Autor

Eguerton Fernandes de Oliveira

Doutor em Ciências da Educação (Universidad Interamericana, 2022), Mestre em Ciências e Meio Ambiente: Área de Concentração em Recursos Naturais e Sustentabilidade (Universidade Federal do Pará - UFPA - 2018), Especialista em Gestão Escolar, pela Universidade Estadual do Amazonas (UEA), Especialista em Educação Física Escolar e Atividade de Recreação, pelaFaculdade Única de Ipatinga-MG - 2021, Especialista do Curso de Docência do Ensino Superior, pela Faculdade Campos Elíseos – SP – 2021. Graduação em Educação Física- Licenciatura/Bacharel pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM (2004), Segunda Licenciatura equivalente a Licenciatura Plena em Pedagogia, Centro Universitário FIEO – SP – 2021. Atualmente é professor PF20. MSC-II - SEDUC-AM (Secretaria de Estado de Educação e Desporto) e Professor ED-MSC - SEMED (Prefeitura Municipal de Tabatinga-AM).

Referências

ALVIM, Marley Pereira Barbosa. Educação Física e Educação Ambiental: uma relação possível e imprescindível: estudo realizado na região do Vale do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil. Porto, Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Tese de Doutorado, Porto, 2009. Disponível em: <http://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/17969>. Acesso em: 14 jun. 2020.

AZEVEDO, Ângela Celeste Barreto de. História da Educação Física no Bra-sil: Currículo e Formação Superior. Campo Grande: Editora UFMS, 2013.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional/9394 de 20 de-zembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Dis-ponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>. Acesso em: 14 jun. 2020.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução n.º 003. Dispõe sobre o artigo 26 da Lei 5.540/68. Fixa o mínimo de conteúdo e duração a serem ob-servados nos cursos de graduação em Educação Física/Bacharelado e/ou Li-cenciatura Plena. Documenta (322). Brasília, p. 14.682, outubro de 1987.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponí-vel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em: 14 jun. 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional/9394 de 20 de-zembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Dis-ponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>. Acesso em: 14 jun. 2020.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: meio ambiente e saúde. Vol. 9. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Lei n.º 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Am-biental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras provi-dências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em: 14 jun. 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP 001/2002, de 18 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a for-mação de professores da Educação Básica, do curso de licenciatura, de gra-duação plena.

BRASIL Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP 002/2002, de 19 de fevereiro de 2002. Institui a duração e a carga horária dos cursos de licenciatura, de graduação plena, de formação de professores da Educação Básica em nível superior.

RODRIGUES, C. A ambientalização dos currículos de Educação Física no en-sino superior. Motriz, Rio Claro, v.18 n. 3, jul./set. 2012, p.557-570.

RODRIGUES, C. Observando os “estudos do meio” pela lente da Educação Ambiental crítica. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande, v. 24, jan./jul 2010, p. 503-517. Disponível em: https://www.seer.furg.br/remea/article/view/4390>. Acesso em: 14 jun. 2020.

DARIDO, Suraya Cristina et al. A Educação Física, a formação do cidadão e os parâmetros curriculares nacionais. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 15, n. 11, jan./jun. 2001, p.17-32.

DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

GRÜN, Mauro. Gadamer and the Otherness of Nature: Elements for an Envi-ronmental Education. Human Studies, v. 28, p. 157-171, jun. 2005. Disponível em: <http://link.springer.com/article/10.1007%2Fs10746-005-4190-6#page-1>. Acesso em: 14 jun. 2020.

GRÜN, Mauro. A importância dos lugares na Educação Ambiental. Revista Eletrônica Mestrado Educ. Ambiental, Rio Grande, v. especial, dez. 2008, p. 1517-1526.

GRÜN, Mauro. Ética e Educação Ambiental: a conexão necessária. 14a ed. Campinas: Papirus, 2011.

LORO, Alexandre Paulo. Formação de professores e representações sobre o brincar. São Paulo: Ícone, 2010.

NEUENFELDT, Derli Juliano; CANFIELD, Marta de Salles. Resgatando o cami-nho da Educação Física. In.: CANFIELD, Marta de Salles. Educação Física: Identidade e Sociedade. Santa Maria: JTC Editor, 2000. p. 17-38.

NEUENFELDT, Derli Juliano; MAZZARINO, Jane Márcia. O corpo como lugar onde a experiência da Educação Ambiental nos toca. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, Rio Grande. v. 33, n.1, jan./abr. 2016, p. 22-36. Disponível em: <https://www.seer.furg.br/remea/article/view/5309>. Acesso em: 14 jun. 2020.

PEREIRA FILHO, Edinaldo. Educação Física: limites da formação e exercício profissional. In.: FIGUEIREDO, Zenólia Christina Campos (Org.). Formação Profissional em Educação Física e Mundo de Trabalho. Vitória: Gráfica da Faculdade Salesiana, 2005.

Downloads

Publicado

2022-08-23

Como Citar

OLIVEIRA, E. F. de. EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E SEU ENTRELAÇAMENTO COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Revista Científica FESA, [S. l.], v. 1, n. 17, p. 14–24, 2022. DOI: 10.56069/2676-0428.2022.173. Disponível em: https://revistafesa.com/index.php/fesa/article/view/173. Acesso em: 28 set. 2022.